5 de julho de 2010

that there's more love than hate...

Sei lá, ando meio "away" nos últimos tempos. Me degradando de dentro pra fora, e tudo isso, pra que? Pra quem sabe um dia esquecer que tudo isso é mais do que impossivel, que concretizar alguns sonhos é mera ilusão, e que a felicidade eterna não passa de um simples vazio imenso, que algumas pessoas dizem alcançar, mas que logo percebem que não passou de mais uma simples gota de felicidade, que logo se esvaiu?

E o que dizer ao coração que bate mais forte ao lado de alguém, e que por mais incrivel e surreal pareça, ele sabe que tudo isso não passa de ilusão, que culminará em desilusão, e que você também sabe de tudo isso, e continua nessa podridão que é fantasiar coisas, e não conseguir as ter?

Aqueles olhos azuis não me saem da cabeça, e por quê? Se algo que você quer que comece, já tem prazo de validade, pra que se arriscar? Pra que cair na insanidade de gostar de alguém, de se abrir, se relacionar, sabendo que uma hora, sendo boa ou ruim, irá acabar?

É estranho parar e pensar em tudo isso, mais estranho ainda é tentar escrever. Sempre tive medo de entrar de cabeça em qualquer que fosse a coisa, e por que LOGO AGORA eu me vejo tão livre e desimpedido de tentar, de nem que for quebrar a cara, tentar, por você, e só por você?




"Você estava tão linda, minha menina
como pode acontecer e eu me apaixonar por você?
Cabelos longos, olhos tristes, nada a dizer
somente o tempo poderá responder..."



_marcelo.wtf