29 de setembro de 2009

can you take me higher?

acabei de assistir um filme que me deixou meio, digamos, encanado.
além de ser uma "puta critica" como certa vez um amigo meu disse, ele nos faz pensar: será que não vivemos todos em redomas de vidro, ou vendo através de um binóculo, tendo assim uma visão errada da complexidade da situação real que vivemos?
as vezes, para nossa própria proteção, nos negamos a ver a total intensidade de atos/ações/situações, e com isso acabamos por ter uma visão torta, maquiada e errada do que realmente acontece.

siga esse raciocinio (como normalmente quase todos fazem): o governo está uma merda, eu estou quase falido, o ensino está ruim, a saúde pública também, inflação entre outras coisas. certo, o governo muda, mudam os planos da economia. eu começo a ganhar RIOS de dinheiro. a saúde CONTINUA uma merda, bem como o ensino público. a inflação baixou. o governo passa então, a dar uma mesada para as pessoas que vivem a BEIRA da miséria, para que elas, não pelo suor do seu trabalho (pelo fato de não terem um) ganhar dinheiro.
veja por esse angulo, pois ele é adotado pela maioria: eu sai de um estado ruim, para um estado bom, logo que atravessei essa linha, a linha da pobreza, o ensino publico e o sistema de saude publica nao me interessam mais, pois eu tenho dinheiro o suficiente para pagar uma escola particular, e um plano de saude.

certos raciocinios, de "privilegiar" a classe de maior poder aquisitivo REINAM na nossa atual sociedade. e eles simplesmente maquiam a pobreza com bolsa familia, bolsa escola, prouni, sistema de cotas. acho particularmente, que pode sim ser implantado esse sistema de cotas. só que numa ação conjunta com o GOVERNO e o MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO, pois se eles acabam por afimar que pessoas de escola particular tem vantagem em faculdades, pelo ensino que tiveram, porra, então arrumem o ensino publico, para que isso não aconteça mais!



só que enquanto ninguém agir, vai continuar desse jeito: uma mão lava a outra, e posteriormente, as duas voltam para o lixo. lixo esse que está transbordando no senado, e sugando a cada momento uma parcela PRIMORDIAL no dinheiro que nós, o POVO, fornece.

parabéns, você acaba de compactuar involuntariamente com a corrupção!







sei lá, loucura não acham?
-marcelo

2 comentários:

Maitê disse...

sim, ôoo se eu acho
e o governo (em geral) só vai fazer algo quando tudo isso chegar ao ápice da loucura

os problemas vão ser tantos que a sociedade não vai mais conseguir viver em harmonia

marcelo disse...

muito legal, embora esse "até que alguem faça alguma coisa" seja entendido por ALGUEM.

uma mão lava a outra mas apenas uma mão limpa acaba suja pela outra..

é a realidade até que ALGUEM mude

ontem um homem me olhou e pediu pra que eu não apedrejasse o proféta.
Talvez eu deva acreditar mais nessas coisa, ja que em outras...